SEGURANÇA PÚBLICA
FIM DA IMPUNIDADE
CÂMARA NA RUA
PRESIDÊNCIA

Sobre Valter Nagelstein

Presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre em 2018, Valter Nagelstein foi eleito em 2016 para o terceiro mandato consecutivo, é o vereador mais votado do MDB no Rio Grande do Sul. Em 2017 presidiu a CPI da Telefonia Móvel do legislativo, bem como a Frente Parlamentar de Inovação e Tecnologia; Armas Pela Vida e a Frente Parlamentar de Revisão Legislativa (Revogaço). No ano passado Nagelstein também foi vice-presidente da Comissão de Urbanização, Transportes e Habitação do parlamento.


RESULTADOS PRÁTICOS

REVOGAÇO
Presidente da Frente Parlamentar de Desburocratização e Revisão Legislativa
FUMO ZERO
MARCO LEGAL DO FUMO ZERO
TRANSPORTE HIDROVIÁRIO
Representa a maior revolução no transporte da nossa cidade.
MICROCRÉDITO
OPORTUNIDADE AOS PEQUENOS
ORDEM NA CIDADE BAIXA
Regularização e Fiscalização
PRESIDENTE DA CPI TELEFONIA MÓVEL
Atuando na melhoria do serviço prestado.
MERENDA ESCOLAR
Colocou o peixe produzido na capital na merenda escolar das escolas municipais.
ALAGAMENTOS
Atuou na vice-presidência da Comissão de Urbanização,

FAÇA PARTE DA REDE NAGELSTEIN

VIVA O NOSSO RIO GRANDE DO SUL! Hoje, dia 20 de setembro, é o Dia do Gaúcho! Somos um povo que ama nossas origens, que valoriza as raízes e tradição - sem esquecer que o orgulho pela nossa terra vem das pessoas que fazem dela um melhor lugar para se viver!
Gala
https://twitter.com/valtern/status/1174297920314707970?s=19
Você que acompanha meu trabalho e o da Andréa sabe da nossa dedicação à causa das crianças e à causa da educação. A importância do Conselho Tutelar nesse sistema é de que ele cuida daquelas crianças que são vítimas de abandono e maus tratos - por isso, no dia 6 de outubro, momento em que ocorre o pleito para a escolha dos conselheiros tutelares de Porto Alegre, nós recomendamos a professora Marcia Sigal como representante da 8ª região – micro 8. Professora há 25 anos, ela trabalhou no setor de Diretos Humanos da Secretaria Municipal de Educação e do Governo do Estado. NO DIA 6 DE OUTUBRO, VOTE 8977! Marcia Sigal Andréa Nagelstein
Uma linha hidroviária ligando a orla de Porto Alegre de sul a norte. É uma ideia que há tempos defendo e mostro ser viável. Quem acompanhou meu mandato à frente da presidência da Câmara lembra da sessão embarcada no Catamarã e no Cisne Branco que fizemos no ano passado. É isso que contei ao Moysés, do POA Inquieta na manhã de hoje.
Boa semana!
https://twitter.com/valtern/status/1173202340767293440?s=19
✅ ASSISTA HOJE, ÀS 17h55 AO VIVO, O PROGRAMA PAMPA DEBATES NO CANAL 4 Acompanhe também pelo http://tvpampa.com.br/ao-vivo.php Me honra o prestígio da tua audiência!
✔️LIBERDADE E RESPEITO Compartilho com os amigos artigo que escrevi publicado em ZH Digital. Boa leitura! Coloca-se muito forte frente a sociedade brasileira a questão da liberdade de expressão e se esta teria algum limite, algum freio ou não. Acredito que desde que em locais adequados e feitas as advertências necessárias, a liberdade total de expressão deve ser respeitada, ressalvando àquela que constitua crime contra a honra, nos tipos penais já dispostos no sistema legal brasileiro. Mas o ativismo judicial quer transformar o parlamento na casa da mãe Joana, e aí a liberdade é ferida de morte pelo desrespeito: primeiro para com a instituição Presidente da República (não confundir com a pessoa física), e depois pela própria imposição do poder judiciário ao legislativo de algo que, duvido eu, o próprio judiciário expusesse no acesso ao seu prédio ou no acesso ao pleno do Tribunal. Acredito que o que ocorreu na semana passada com a instalação da exposição “Rir é um Risco” na Câmara Municipal de Porto Alegre foi uma ofensa, antes de mais nada à cidadania. Ora, se em seu art. 1º a carta magna brasileira prescreve que vivemos em um Estado Democrático de Direito, tendo como fundamento que todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos nos termos desta Constituição, expor charges que ofendem a imagem daquele que foi escolhido pela maioria das pessoas dessa nação, é despeitar a própria sociedade. Também o Brasil foi ofendido na medida que a exposição traz charges do presidente norte americano defecando sobre a nação brasileira. Além do mais, proponho uma reflexão: Será que liberdade é fazer o que se quer, a hora que se quer, e no lugar que se quer? Não seria isso uma espécie de autoritarismo, impor o que EU (o que acho e quero) aos outros? Defendo que o Parlamento, que nada mais é do que a Casa do Povo, zele pelos princípios da soberania; cidadania; dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e o pluralismo político sem, com isso, ferir ou desrespeitar quem quer que seja. Por fim, a questão é interna e administrativa do Legislativo e deve ser respeitada pelo outro poder, na medida que a autonomia e a independência dos poderes são mandamentos constitucionais.
Nosso querido sobrinho Gianluca ( @luca_braga ) resolveu partir aos 20 anos, assim de repente, sem avisar, na alvorada da vida! Que tristeza! Sem palavras. Só desejo luz e compreensão à @tati.cooper @tininha49.
▶ASSISTA ALGUNS MOTIVOS QUE VÃO TE FAZER ENTENDER COMO IMÓVEIS QUE SÓ DÃO DESPESA AOS COFRES PÚBLICOS PODEM GERAR RENDA!
HOMENAGEM AO EMBAIXADOR DE ISRAEL NO BRASIL Nagelstein lembrou a presença judaica na vida dos gaúchos e porto-alegrenses nas mais diversas áreas, como na medicina, direito, literatura, engenharia, artes e outras. “Para nós é uma honra poder entregar a maior distinção de uma Casa Legislativa com 246 anos, pouco diante dos 5.780 anos que a comunidade judaica irá completar daqui a alguns dias”, disse ao expressar a importância da tradição e da cultura judaica para o mundo. Federação Israelita do RS
Como fazer para que imóveis sub utilizados ou que só dão despesa aos cofres públicos possam começar a gerar renda, ou que então com o dinheiro se possa investir em escolas e saúde ou segurança.
✔️Plano Diretor e Regularização Fundiária Estive no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) conversando com o Superintendente regional da instituição, Tarso Francisco Pires Teixeira e sua equipe, acerca da Revisão do Plano Diretor e a regularização fundiária de Porto Alegre, que concerne à zona rural. Nessa oportunidade, também o convidei para comparecer à Câmara Municipal da capital para participar de uma sessão plenária durante o período de Comunicações - para falar a respeito do trabalho que o Incra desenvolve.
Nao foram encontradas postagens.